• Selecione Seu Idioma

Em 14 de julho de 2017, na Universidade das Nações Unidas de Tókio a WFUCA - Federação Mundial de Associações, Centros e Clubes UNESCO realizou o Fórum Internacional do Movimento de Associações, Centros e Clubes UNESCO e os seus papéis na aproximação das culturas, tendo como palestrantes o Presidente da Universidade de Tókio e o Ex- Diretor Geral da UNESCO (1999/2009), Sr. Koichiro Matsuura.
 
Logo após as conferências foi realizado um Painel de Discussão sobre o mesmo tema: Movimento de Associações, Centros e Clubes UNESCO e os seus papéis na aproximação das culturas; os trabalhos foram coordenados pelo Sr. Dhirendra Bhatnagar presidente da WFUCA e Sr. Noboru Noguchi representante da Federação Japonesa de Centros e Clubes UNESCO, e tendo como participantes cinco convidados, sendo: Sra. Maria Paola Azzario presidente da Federação Italiana de Clubes e Centros UNESCO (FICLU), Sr. Elat Sylvere membro da WFUCA para Região da África, Sr. Mustapha Badreddine, vice presidente da WFUCA para Região Árabe, Sr. Tao Xiping presidente honorário da Federação Chinesa de Centros e Clubes UNESCO, Sra. Daniela Popescu presidente da Federação Regional Européia de Centros e Clubes UNESCO, e o Pr. Luís Otávio Palhari membro da Diretoria Executiva da WFUCA para América Latina e Caribe, presidente da Federação Nacional das Associações, Centros e Clubes UNESCO do Brasil, presidente do Clube UNESCO FUNVIC e presidente da FUNVIC Fundação Universitária Vida Cristã.
 
Durante esse evento Palhari conversou com o Ex-Diretor Geral da UNESCO (1999/2009), Sr. Koichiro Matsuura, onde conversavam sobre a importância do Movimento de Associações, Centros e Clubes UNESCO, nos países que fazem parte das Nações Unidas.
 
Palhari registrou a relevância dos trabalhos realizados pelo Sr. Koichiro Matsuura durante o período de 1999 até 2009 e agora a continuidade e inovação da direção da Sra. Irina Bokova a frente da Direção Geral da UNESCO desde 2010.

Durante os dias 13, 14 e 15 de julho de 2017 foram realizadas várias atividades da WFUCA UNESCO, nas cidades de Tókio e Sendai, no Japão. Estiveram presentes os membros da Diretoria Executiva da WFUVA, bem como, representantes de diversos países, presidentes e vice-presidentes de federações regionais e nacionais, sendo: da América Latina: Brasil e México; da Ásia: Belarus, Cazaquistão, China, Coréia do Sul, Iêmen, Índia, Japão, Líbano e Vietnam e; da Europa: Chipre, Grécia, Itália, Romênia, Rússia; e da África: Burkina Faso, Camarão e Senegal.

O Brasil se fez representado pelo presidente da Federação Nacional das Associações, Centros e Clubes UNESCO do Brasil, Luís Otávio Palhari que também é membro da Diretoria Executiva da WFUCA UNESCO, para a América Latina e Caribe.

As reuniões da Diretoria Executiva da WFUCA foram realizadas no Salão Nobre do Hotel Metropolitan Edmont de Tókio e na Universidade das Nações Unidas de Tókio.

Na Universidade das Nações Unidas de Tókio, o Pr. Palhari participou como palestrante no Fórum de Discussão sobre o Movimento dos Clubes UNESCO, representando a Região da América Latina e Caribe. Em seu discurso: “Acredito que o conhecimento e a promoção dos ideais da UNESCO nos diversos países do Globo, se faz graças aos mais de 5.000 Clubes, Centros e Associações UNESCO criados e que trabalham juntos ao Governo e Sociedade Civil”, disse Palhari.

O evento concluiu que o Movimento de Associações, Centros e Clubes UNESCO é fundamental na divulgação, conscientização e aplicação da Agenda 2030, na sociedade dos países que fazem parte da ONU, possibilitando dessa forma, a perspectiva de um desenvolvimento sustentável, contribuindo com a cultura de paz.

No dia 05 de junho, Dia Mundial do Meio Ambiente, o presidente da BFUCA/UNESCO, Luís Otávio Palhari, abriu um evento especial na Faculdade de Pindamonhangaba em comemoração ao Dia Mundial do Meio Ambiente.

Na ocasião, Palhari falou aos participantes sobre a Agenda 2030, da Organização das Nações Unidas, que trabalha com questões de saúde, educação e proteção do planeta nos próximos 15 anos.

A Agenda 2030 é desenvolvida pelos 193 Estados-membros da ONU e tem 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável e 169 metas que visam estimular a ação em áreas essenciais para a humanidade.

O professor, que também preside a FUNVIC – Faculdade de Pindamonhangaba -, falou sobre o Ano Internacional do Turismo Sustentável definido pela ONU, que tem como objetivo conscientizar as pessoas sobre a importância do turismo para a distribuição da riqueza proporcionada pelas viagens.

Além disso, também ocorreu a premiação de três grupos de alunos que desenvolveram os melhores trabalhos sobre preservação do meio ambiente no ano de 2016.

A Federação Nacional das Associações Centros e Clubes Unesco do Brasil (BFUCA) levou para à Capital cearense o Clube Unesco Ceará, entidade sem fins lucrativos ligada à Organização das Nações Unidas (ONU), que trabalha para tornar o acesso a educação, esporte, ciência e cultura mais democrático para a população carente.

O grupo, que é o quarto no País a pleitear o Clube UNESCO no Ceará e terá ações iniciais nas áreas esportiva e educacional. Entre os principais projetos, já encontram-se em articulação, a busca de uma parceria com o Governo do Estado para que a finalidade do Centro de Formação Olímpica (CFO), alcançe seus três pilares: o esporte de alto rendimento, o educacional e o participativo.

A solenidade, que marcou a instalação do Clube, aconteceu no dia 27 de abril no auditório da Arena Castelão. Na ocasião, o presidente da BFUCA UNESCO do Brasil, Luís Otávio Palhari, conheceu a diretoria da Associação , presidente e vice-presidente, o sociólogo Fabricio Miguel, e o administrador, David Herculano, respectivamente,  que pleiteiam o Clube UNESCO junto ao Itamaraty.

"O Clube Unesco Ceará chega buscando parcerias para um bem comum, sempre construindo uma política de paz. O esporte é uma ferramenta importantíssima na formação e na educação, incorporando a saúde e trazendo bem-estar para a sociedade. Entendemos que é necessário fortalecer as políticas públicas de estado como um proponente de ideias, garantindo o desenvolvimento sustentável”, ressaltou o presidente do Clube Unesco Ceará , Fabrício Miguel.

Dentre as autoridades presentes no evento estavam o governador Camilo Santana, o prefeito Roberto Cláudio, o secretário de Esportes do Estado, Gelson Ferraz, secretário da Casa Civil, Nelson Martins, e o chefe de Gabinete do Governo, Élcio Batista.


*SOBRE O CLUBE UNESCO:*
Os CLUBES UNESCO têm como missão divulgar e promover os ideais e objetivos da UNESCO, assim como, desenvolver projetos e trabalhos locais e regionais, voltados para educação, ciência, cultura, social, esporte/educação, comunicação e informação.
Os Clubes se dividem em quatro categorias principais:
1. Clubes estabelecidos nas escolas cujos membros são os alunos e os professores das instituições de ensino.
2. Clubes que funcionam nas universidades e nas instituições de ensino superior.
3. Clubes não educacionais, mas que tenham em seu estatuto ações e atividades voltadas às da UNESCO.
4. Clubes integrados por membros da sociedade civil que tem um estatuto jurídico específico, que distingue dentre os objetivos da UNESCO, e que agrupam diferentes personalidades do âmbito empresarial, líderes sociais e personalidades do âmbito acadêmico.
Atualmente o Brasil tem quatro clubes UNESCO sendo: CLUBE UNESCO FUNVIC (São Paulo), CLUBE UNESCO GOIÁS, CLUBE UNESCO BAHIA e agora o CLUBE UNESCO CEARÁ.

Como forma de estreitar relacionamentos e discutir possíveis projetos conjuntos, o presidente da UNESCO não governamental do BRASIL, Luís Otávio Palhari, participou de um encontro com o Governador do Ceará, Camilo Santana, Secretários de Estado, representantes do novo Clube UNESCO do Ceará e representantes do Ministério do Esporte de Cuba, neste mês de abril.

Na ocasião, além do Pr. Palhari, estiveram presentes Camilo Santana, governador do Ceará; Nelson Martins, Secretário Chefe da Casa Civil do Estado do Ceará; Quintino Vieira, Secretário Adjunto da Casa Civil; Rogério Fernandes, Assessor Especial da Casa Civil; Gelson Ferraz, Secretário de Esportes do Estado; Pr. Fabrício Souza, Presidente do Clube UNESCO Ceará; Pr. David Herculano, Vice-Presidente do Clube UNESCO Ceará; José Miranda, Diretor Nacional de Alto Rendimento do Ministério dos Esportes de Cuba e Eduardo Caballero, Diretor de Relações Internacionais do Ministério dos Esportes de Cuba.

O CLUBE UNESCO DO CEARÁ será o quarto clube a ser criado no Brasil, tendo um trabalho voltado a Educação e Esporte.

A presença dos trabalhos da UNESCO junto ao Governo do Ceará irá possibilitar um ganho para o Estado do Ceará, através da política de uma cultura de paz e do crescimento e desenvolvimento sustentável; aumentando dessa forma o compromisso com a Agenda 2030 da ONU – ODS – Objetivos do Desenvolvimento Sustentável.

Crédito das Fotos: José Wagner/Gov. Ceará